quarta-feira, 9 de junho de 2010

Candidatos 2010: Suíça



● Grupo: H
● Continente: Europa
● Forma de qualificação: Campeão do Grupo 2 europeu.
Ranking: 24
● Participações na Copa do Mundo: 9 (1934, 1938, 1950, 1954, 1962, 1966, 1994, 2006 e 2010).
● Melhor jogador: Kubilay Türkyilmaz (de sempre), Alexander Frei (atual)
Esporte preferido do país: Tênis, futebol e hóquei no gelo são os mais populares.
● Chance de passar da primeira fase: 50%
● Chance de chegar às quartas: 30%
● Chance de chegar às semifinais: 15%
● Chance de chegar a final: 5%
● Chance de ser campeão: 2%

A Seleção de Joseph Blatter volta ao mundial, para a sua segunda participação seguida. Classificada sem a necessidade de repescagem, os suíços são conhecidos pelo grande poder de defesa, o que pode ser percebido até na eliminação em 2006, quando caíram na competição mesmo sem tomar nenhum gol, porque perdeu nos pênaltis, onde os gols não são contados. Em 2010, a Suíça quer aproveitar o seu futebol em alta e conseguir uma bela exibição para o seu país.


Qualificação

As Eliminatórias foram tranquilas para a Suíça. Com uma grande retranca, a Suíça sofreu poucos gols e ainda aproveitou as oportunidades que teve, vencendo seis partidas e empatando duas, além de dois tropeços. Nas últimas rodadas, quase correu o risco de ser alcançado pelos gregos, mas conseguiram segurar a ponta até o final, se classificando sem a necessidade da repescagem.

A Grande Competição

Com a Europa destruída após a Segunda Guerra Mundial, a Suíça foi uma das poucas seleções a participar da Copa do Mundo de 1950. Na estreia, jogou no Estádio Raimundo Sampaio contra a Iugoslávia, e foi derrotada por 3 a 0. Na segunda partida, conseguiu arrancar um empate do anfitrião Brasil no Estádio Pacaembu, com dois gols de Jacques Patton. Na despedida da Copa, fez sua última participação derrotando o México por 2 a 1, com gols de Bader e Antenen. Apesar dos resultados regulares, a Suíça conseguiu ficar em 6º lugar na classificação geral, uma posição que os suíços ainda não conseguiram igualar ou superar.

 
Time

Grande parte de seus jogadores são descendentes de alemães e italianos, países onde a maior parte dos suíços jogam. Além destas ligas, a Liga Francesa, Inglesa, Suíça e até americana são outros campeonatos onde os suíços costumam atuar.

Goleiros: Diego Benaglio, Marco Wölfli, Johnny Leoni;


Defesa: Stephan Lichtsteiner, Ludovic Magnin, Philippe Senderos, Steve von Bergen, Stéphane Grichting, Reto Ziegler, Mario Eggimann;


Meio-campo: Benjamin Huggel, Tranquillo Barnetta, Gökhan Inler, Valon Behrami, Marco Padalino, Hakan Yakin, Gelson Fernandes, Pirmin Schwegler, Xherdan Shaqiri;

Atacantes: Alexander Frei, Blaise Nkufo, Albert Bunjaku e Eren Derdiyok.

Nenhum comentário:

Postar um comentário