quarta-feira, 2 de junho de 2010

Candidatos 2010: Nova Zelândia



● Grupo: F
● Continente: Oceania
● Forma de qualificação: Campeão da Oceania e vencedor da repescagem Ásia-Oceania.
Ranking: 79
● Participações na Copa do Mundo: 2 (1982 e 2010).
● Melhor jogador: Vaughan Coveny (de sempre), Shane Smeltz (atual)
Esporte preferido do país: Rugby é o mais popular. Cricket também é popular.
● Chance de passar da primeira fase: 30%
● Chance de chegar às quartas: 10%
● Chance de chegar às semifinais: 5%
● Chance de chegar a final: 2%
● Chance de ser campeão: 1%

A única seleção que representa a OFC, a Nova Zelândia teve que passar pelas eliminatórias mais difíceis. Mesmos campeões incontestáveis da Oceania, tiveram que entrar na repescagem contra o quinto país asiático. Derrotaram Bahrein, e conseguiram se classificar para a sua segunda Copa do Mundo seguida. Por este feito seus jogadores já podem ser considerados guerreiros, mas a pouca tradição no futebol e a baixa popularidade do esporte no país deve atrapalhar um pouco. Histórico no rugby, onde são conhecidos como "All Blacks", a Nova Zelândia, (no futebol apelidados como "All Whites", devido ao seu uniforme branco), quer usar esta Copa para aumentar a popularidade do futebol e evoluir como seleção, por isso, já assustam em amistosos preparatórios. Se falharem, talvez nunca terão outra oportunidade, a não ser que a FIFA dê uma vaga garantida à OFC.


Qualificação

Com a saída da Austrália da OFC (Oceania Football Confederation), a Nova Zelândia se concentrou como a única força da Oceania. Como não tem história no futebol, a OFC é a única das confederações que não possui nenhuma vaga garantida na Copa. Com isto, mesmo que campeão, o representante da Oceania deve disputar uma repescagem contra outro país de outro continente. Isto era impossível até 2006, porque o representante oceânico quase sempre tinha que enfrentar um sulamericano pela vaga na Copa. Isto ficou mais viável nas Eliminatórias de 2010. Como melhor seleção da região, a Nova Zelândi entrou direto na segunda fase, junto com Nova Caledônia, Vanuatu e Fiji, seleções que se classificaram dos Jogos de Pacífico de 2007. Com muita facilidade, a Nova zelândia venceu quase todos os seus jogos, exceto o último, quando perdeu para Fiji. O título da Oceania não era suficiente, e Nova Zelândia precisou disputar a repescagem Ásia-Oceania contra Bahrein. Com um 0 a 0 na ásia, e um gol de Rory Fallon no jogo de volta, a Nova Zelândia carimbou sua passagem para a Copa do Mundo, depois de passar pela mais difícil e pela mais injusta eliminatórias.

A Grande Competição

A Seleção Neo-Zelandesa já está acostumada a vencer campeonatos na Oceania, o que garante vaga nas Copas das Confederações, onde não é bem sucedido. A única participação neozelandesa foi em 1982. Nas eliminatórias, começou lideran um grupo com seleções do extremo leste, como Fiji, Austrália e Indonésia. No último grupo, empatou em número de pontos com a China, e o derrotou no jogo desempate, garantindo sua presença na Copa. No mundial, com sede na Espanha, pegou um grupo fortíssimo, com Brasil, União Soviética e Escócia. No primeiro jogo, o nervosismo foi presente e começou a Copa goleado por 5 a 2. No segundo jogo, perdeu todas as esperanças de classificação, quando foi derrotada pela grande União Soviética. Na última partida, os neozelandeses se despediram da competição, derrotada pelo Brasil, que marcou com Zico, Falcão e Serginho Chulapa.


Time

Os jogadores da Nova Zelândia se concentram em quatro grandes ligas: Neozelandesa, Australiana, Inglesa e Americana. Além disto, há Winston Reid, que joga na Dinamarca e Simon Elliott e David Mulligan, que estão sem clube e jogarão a Copa do Mundo desempregados.

Goleiros: Mark Paston, Glen Moss, James Bannatyne;


Defesa: Ben Sigmund, Tony Lochhead, Winston Reid, Ivan Vicelich, Ryan Nelsen, Andrew Boyens, Tommy Smith;


Meio-campo: Simon Elliott, Tim Brown, Leo Bertos, Andy Barron, Michael McGlinchey, Aaron Clapham, David Mulligan, Jeremy Christie, Jeremy Brockie;

Atacantes: Shane Smeltz, Chris Killen, Rory Fallon, Chris Wood.

Sete reservas: Jacob Spoonley, Steven Old, Aaron Scott, Chad Coombes, Cole Peverley, Kris Bright e Costa Barbarouses.

Nenhum comentário:

Postar um comentário