segunda-feira, 24 de maio de 2010

Candidatos 2010: Alemanha



● Grupo: D
● Continente: Europa
● Forma de qualificação: Foi campeão do Grupo 3 europeu.
● Ranking: 6
● Participações na Copa do Mundo: 16 (1934, 1938, 1954, 1958, 1962, 1966, 1970, 1974, 1978, 1982, 1986, 1990, 1994, 1998, 2002, 2006 e 2010)
● Melhor jogador: Franz Beckenbauer (de sempre), Michael Ballack (atual)
● Esporte preferido do país: Futebol é o mais popular. Automobilismo, Handebol e hóquei no gelo também são populares.
● Chance de passar da primeira fase: 90%
● Chance de chegar às quartas: 80%
● Chance de chegar às semifinais: 60%
● Chance de chegar a final: 30%
● Chance de ser campeão: 15%

Uma das seleções europeias mais tradicionais, a Alemanha vem com o terceiro lugar de 2006 e sem o seu capítão e principal jogador. Michael Ballack contundiu o tornozelo em uma dividida com o ganês e alemão de nascimento Boateng durante o jogo Chelsea x Portsmouth. Sem Ballack e sem Kahn, agora os alemães precisam confiar em Schweinsteiger, Lahm e Neuer, além dos poloneses Klose, Podolski e Trochowski, e também no brasileiro Cacau. Com três mundiais conquistados, a Alemanha espera conquistar seu tetracampeonato fora da Europa, o que nenhum país europeu conseguiu fazer até o momento.

Qualificação

A Alemanha foi sorteada no Grupo 4 das Eliminatórias Europeias, junto com a Rússia, Finlândia, País de Gales, Azerbaijão e Liechtenstein. Com gols de Miroslav Klose, Lukas Podolski e Bastian Schweinsteiger, a Alemanha conseguiu vencer quase todos os seus jogos, empatando apenas com a Finlândia em dois jogos. Com a Rússia fora do caminho, os alemães carimbaram sua passagem em outubro de 2009.

A Grande Competição

Na Copa do Mundo de 1974, a Alemanha Ocidental de Franz Beckenbauer, Gerd Müller e cia. era uma grande favorita. Um time porém prometia ser sua sombra em busca do título, os Países Baixos de Cruyff e Neeskens, tendo sido a grande sensação. O timaço dos Países Baixos, dirigido por Rinus Michels, revolucionou o futebol mundial implementando um sistema tático onde os jogadores não guardavam posição fixa: era o carrossel holandês (considerado o melhor esquema tático da história do futebol). Os Países Baixos chegaram à final como os grandes favoritos ao título. Na única vez em que as duas Alemanhas se enfrentaram em uma Copa do Mundo, a Alemanha Ocidental, demonstrando sua frieza, abriu mão de sua invencibilidade e perdeu para a Seleção Alemã Oriental de Futebol por 1 a 0, evitando cair no grupo de Brasil e Países Baixos na segunda fase da Copa. Na segunda fase, derrotou a Polônia de Lato, a Suécia e a Iugoslávia, vencendo o grupo e garantindo passagem para a final. No Olympiastadion, a Alemanha derrotou a Holanda de virada, com um gol de Breitner e outro de Gerd Müller.

Time

Os jogadores da Seleção Alemã atuam na Bundesliga alemã, principalmente no Bayern, Bayer Levekusen, Werder Bremen, Stuttgart e Hamburgo, além de jogadores que atuam em outros campeonatos, como Thomas Hitzlsperger que joga pelo Lazio da Itália e o brasileiro Kevin Kuranyi que atua no leste europeu, porém, como esses dois últimos não foram convocados, todo o time alemão atua na Bundesliga.

Goleiros: Hans-Jörg Butt, Manuel Neuer, Tim Wiese;

Defesa: Marcell Jansen, Arne Friedrich, Dennis Aogo, Serdar Tasci, Holger Badstuber, Per Mertesacker, Philipp Lahm (c), Jérôme Boateng;

Meio-campo: Sami Khedira, Bastian Schweinsteiger, Mesut Özil, Piotr Trochowski, Toni Kroos, Marko Marin;

Atacantes: Stefan Kießling, Lukas Podolski, Miroslav Klose, Thomas Müller, Cacau e Mario Gómez.

Nenhum comentário:

Postar um comentário