quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Pulseiras?



Essas pequenas pulseiras de silicone, que podem ser até usadas por crianças, estão causando polêmica em colégios de Curitiba, Brasília e São Paulo, polêmica que começou na Inglaterra.

Tudo isso porque no Reino Unido essas pulseiras são de caráter sexual, e cada cor indica um ato libidinoso a ser praticado pelas meninas nos meninos, o que faz com que haja promiscuidade e sexualidade precoce em adolescentes.

Nos colégios britânicos, os alunos perseguem as meninas durante o recreio para tentar arrebentar suas pulseiras, num jogo chamado "snap". Em caso de sucesso, a garota terá que fazer um ato físico no menino de acordo com a cor da pulseira arrebentada.

Significado das cores:


» Amarela – é a melhor porque significa apenas dar um abraço;

» Laranja – significa um "selinho";

» Roxa – já dá direito a um beijo com língua;

» Cor-de-rosa – a menina tem de lhe mostrar os seios;

» Vermelha – tem de lhe fazer uma lap dance;

» Azul – fazer sexo oral praticado pela menina;

» Verdes – são as dos chupões no pescoço;

» Preta – significa fazer sexo com o rapaz que arrebentar a pulseira;

» Dourada – fazer todos citados acima;

Como símbolo de respeito

O pior de tudo é que na Inglaterra as pulseiras também delimitam o status social. Quem não as usa, é excluída pelo grupo, já quem usa as pulseiras pretas e douradas são as mais respeitadas pelas amigas e pelos garotos, ainda mais se essas pulseiras estiverem em grande quantidade.

No Brasil

As pulseiras estão sendo vendidas no Brasil há um pouco mais de um mês, onde podem ser encontradas facilmente em Recife, São Paulo, Curitiba e Brasília. O preço de R$0,10 ou de R$0,15 só faz aumentar a procura, porém quase nenhum brasileiro sabe dos significados sexuais das pulseiras, tanto que alunos do sexo masculino e até mães de estudantes também estão usando as pulseirinhas, mas mesmo assim, as pulseiras estão sendo proibídas em colégios curitibanos, principalmente no distrito industrial.

Portanto mesmo não sabendo do significado sexual, as pulseiras mereceram até uma reportagem no Paraná TV, que mostrou alunos agindo naturalmente, mas se a moda inglesa também for herdada futuramente aí sim vai se tratar de um caso seríssimo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário