quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Em que lugares o ano não começa hoje?

Em mais de uma dezena de países - mais especificamente, em todas as nações que não utilizam o chamado calendário gregoriano, baseado no movimento do Sol. Esse calendário, que tem como marco inicial o nascimento de Jesus, é adotado pelo Brasil e pela maioria das nações ocidentais. Mas na China, por exemplo, o que vale é uma contagem baseada nos ciclos da lua, introduzida no ano 2637 a.C. pelo imperador Huang-ti, com anos de 363 dias.


Calendário chinês


Neste ano, os chineses comemoram a passagem para o ano 4707 no dia 14 de fevereiro.









Calendário islâmico


Já em países do Oriente Médio como Arábia Saudita e Iêmen, a marcação mais usada é o calendário islâmico, que começa em 622 d.C. Foi nesse ano que ocorreu a Hégira, episódio em que Maomé, fundador do islamismo, fugiu da cidade de Meca para Medina. Pelo calendário islâmico, cada ano tem 354 ou 355 dias. No dia 7 de dezembro deste ano, celebra-se o primeiro dia do ano 1432.




Calendário persa


Das nações islâmicas, as únicas exceções são Irã e Afeganistão, que usam um calendário parecido com o islâmico, mas com anos de 365 dias. Para iranianos e afegãos,que usam o calendário persa, a virada para o ano 1389 acontece no dia 21 de março.




Calendário judeu


Ainda no Oriente Médio, os judeus de Israel saudarão o ano novo de 5771 apenas no dia 9 de setembro. O calendário judaico tem anos de 353 a 355 dias e começa em 3761 a.C., que para os judeus é o ano de criação do Universo.







Calendário hindu


Por último, vale lembrar que na Índia os hindus também têm um calendário religioso, em que o ano corrente é 1926. Por lá, a passagem de ano será celebrada em 22 de março de .

Nenhum comentário:

Postar um comentário