domingo, 6 de setembro de 2009

Reforma Ortográfica Portuguesa


1. MUDANÇAS NO ALFABETO

    O alfabeto passa a ter 26 letras. Foram reintroduzidas as letras K, W e Y. Na verdade elas não tinha desaparecido dos dicionários, e são usados em várias situações, como por exemplo:

a) Na escrita de símbolos de medida: Km (quilômetro), Kg (quilograma), W (Watt).
b) Na escrita de palavras e nomes estrangeiros (e seus derivados): show, playboy, playground, windsurf, Kung Fu, yin, yang, Karla, William, Yasmin.

2. O TREMA
   
   Não se usa mais o trema ( ¨ ), sinal colocado sobre a letra U para indicar que ela deve ser pronunciada nos grupos gue, gui, que, qui. Exceto nos casos de nome próprio.

3. NÃO SE USA MAIS O ACENTO NOS DITONGOS ÉI E ÓI DAS PALAVRAS PAROXÍTONAS
    Não se acentua mais os ditongos das palavras paroxítonas (aquelas que a penúltima sílaba é a mais forte). isso vale também para nomes próprios, como Coréia: 
Atenção: Essa regra não é válida para as palavras oxítonas. Ex.: papéis, heróis, lençóis.
4. NAS PAROXÍTONAS, NÃO SE USA MAIS O ACENTO NO "I" E NO "U" TÔNICOS QUANDO VIEREM DEPOIS DE UM DITONGO (ENCONTRO DE DUAS VOGAIS)
5. NÃO SE USA MAIS O ACENTO NAS PALAVRAS TERMINADAS EM ÊEM E ÔO(S)
6. NÃO SE USA MAIS O ACENTO DIFERENCIAL PARA PALAVRAS IGUAIS
    Ex.: para (verbo) polo (jogo) pelo (subst.) pera (subst.).
    Atenção: Permanece o acento diferencial em:
                    pôde (pretérito) ≠ pode (presente)
                    pôr (verbo) ≠ por (preposição)
   Atenção:  Permanece os acentos que diferem o singular do plural dos verbos ter e vir, assim como de seus derivados (manter, deter, reter, conter, convir, intervir, advir etc.)
   É facultativo o uso de assunto de acento circunflexo para diferenciar as palavras forma/fôrma, que pode deixar a frase mais clara : Qual é a forma da fôrma do bolo?
7. NÃO SE USA MAIS O ACENTO AGUDO NO U TÔNICO DAS FORMAS (TU) ARGUIS, (ELE) ARGUI, (ELES) ARGUEM, DO PRESENTE DO INDICATIVO DOS VERBOS ARGUIR E REDARGUIR

8. HÁ UMA VARIAÇÃO NA PRONÚNCIA DOS VERBOS TERMINADOS EM GUAR, QUAR E QUIR, COMO AGUAR, AVERIGUAR, APAZIGUAR, DESAGUAR, ENXAGUAR, OBLIQUAR ETC. ESSES VERBOS ADMITEM DUAS PRONÚNCIAS EM ALGUMAS FORMAS DO PRESENTE DO INDICATIVO, DO PRESENTE DO SUBJUNTIVO E TEAMBÉM DO IMPERATIVO, LEVAM ACENTO SE FOREM PRONUNCIADOS COM A E I TÔNICOS. VEJA:
Enxaguar: enxáguo, enxáguas, enxágua, enxáguam; enxágue, enxágues, enxáguem.

Delinquir: delínquo, delínques, delínque, delínquem; delínqua, delínquas, delínquam.

9. VERBOS TERMINADOS EM GUAR, QUAR E QUIR, QUE ADMITEM DUAS PRONÚNCIAS EM ALGUMAS FORMAS DO PRESENTE DO INDICATIVO, PRESENTE DO SUBJUNTIVO E PRESENTE DO IMPERATIVO, DEIXAM DE SER ACENTUADOS SE FOREM PRONUNCIADOS COM O "U" TÔNICO:


Enxaguar: enxaguo, enxaguas, enxagua, enxaguam; enxague, enxagues, enxaguem.

Delinquir: delinquo, delinques, delinque, delinquem; delinqua, delinquas, delinquam.
 
10.  USA-SE O HÍFEN DIANTE DE PALAVRAS INCIADAS EM H COM OS PREFIXOS ANTI,MACRO,MINI, PROTO, SOBRE, SUPER, ULTRA:

      Anti-higiênico, macro-história, mini-hospital, sobre-humano, super-homem, ultra-humano, proto-histórico

11. QUANDO O PREFIXO TERMINA EM VOGAL DIFERENTE DA QUE INICIA A SEGUNDA PALAVRA, O HÍFEN NÃO É USADO:
      aeroespacial, agroindustrial, anteontem, antiaéreo, antieducativo, autoaprendizagem, autoescola, autoestrada, autoinstrução, coedição, extraescolar, infraestrutura, plurianual, semiaberto, semianalfabeto, semiesférico, semiopaco

12. NÃO LEVAM HIFEN PALAVRAS CUJO PREFIXO TERMINA EM VOGAL E A PRIMEURA LETRA DO SEGUNDO ELEMENTO COMEÇA COM CONSOANTE DIFERENTE DE R E S:
      anteprojeto, antipedagógico, autopeça, autoproteção, geopolítica, microcomputador, pseudoprofessor, semicírculo, semideus, seminovo, ultramoderno, semiautomático, semiembriagado, semiárido, semiobscuro, intraocular, intrauterino, extraoficial

13. NÃO LEVAM HÍFEN E DUPLICAM AS LETRAS PALAVRAS CUJO PREFIXO TERMINA EM VOGAL E O SEGUNDO ELEMENTO COMEÇA EM R E S:

14. TÊM HÍFEN AS PALAVRAS CUJO PREFIXO TERMINA COM A MESMA VOGAL QUE COMEÇA O SEGUNDO ELEMENTO.

15. LEVAM HÍFEN AS PALAVRAS CUJO PREFIXO SUB PRECEDE PALAVRA  INICIADA COM R:
      sub-região, sub-raça
16. LEVAM HÍFEN AS PALAVRAS INICIADAS POR M, N E VOGAL PRECEDIDAS PELOS PREFIXOS CIRCUM E PAN:
      circum-navegação, pan-americano
17. TODAS AS PALAVRAS PRECEDIDAS PELO PREFIXO VICE LEVAM ACENTO:
      vice-rei, vice-presidente, vice-almirante
18. PALAVRAS COM O PREFIXO EX, SEM, ALÉM, AQUÉM, RECÉM, PÓS, PRÉ, PRÓ LEVAM SEMPRE HÍFEN:
      além-mar, recém-chegado, ex-aluno, ex-prefeito, pós-graduação, pré-moldagem, pré-história, pré-natal, pró-europeu, recém-casado, sem-terra, sem-teto
19. PALAVRAS CUJO SEGUNDO ELEMENTO COMEÇA POR VOGAL E O PREFIXO TERMINA POR CONSOANTE, NÃO LEVAM HÍFEN:
      hiperacidez, hiperatividade, interestadual, interurbano, interescolar, subumano (cai o h), superamigo, superinteressante, superaquecimento, supereconômico, interestelar
20. SUFIXOS DE ORIGEM TUPI-GUARANI EXIGEM O HÍFEN:
      amoré-guaçu, mogi-mirim, capim-açu, jacaré-açu
21. PALAVRAS QUE, PELO USO, PERDERAM A NOÇÃO DE COMPOSIÇÃO NÃO LEVAM HÍFEN:
     madressilva, mandachuva, paralama, paravento, parabrisa, paraquedas, paraquedista, pontapé
22. PALAVRAS COMPOSTAS QUE NÃO CONTÊM ELEMENTO DE LIGAÇÃO E CONSTITUEM UNIDADE SINTAGMÁTICA E SEMÂNTICA E PALAVRAS QUE DESIGNAM ESPÉCIES BOTÂNICAS E ZOOLÓGICAS PERMANECEM COM O HÍFEN:
      anos-luz, azul-escuro, médico-cirurgião, conta-gotas, guarda-chuva, segunda-feira, tenente-coronel, beija-flor, couve-flor, erva-doce, mal-me-quer, bem-te-vi
23. REPETEM-SE O HÍFEN, NO FINAL DA LINHA, A PARTICIPAÇÃO DE UMA PALAVRA OU A COMBINAÇÃO DE PALAVRAS COINCIDER COM O HÍFEN:
Ao procurarem por ele, foram informados de que o ex-
-aluno tinho ido viajar.


24. NÃO LEVAM HÍFEN PALAVRAS COM O PREFIXO RE E O SEGUNDO ELEMENTO COMEÇANDO COM A LETRA E:

25. PERDEM O HÍFEN AS PALAVRAS CUJO PREFIXO É PRÓSTERO:
26. PALAVRAS COM O PREFIXO CO NÃO LEVA HÍFEN. SE O SEGUNDO ELEMENTO COMEÇA COM H, PERDE O H:
27. PERDEM O HÍFEN AS SEGUINTES PALAVRAS:
28. GANHAM O HÍFEN AS SEGUINTES PALAVRAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário